Sabia que existe mais de um tipo de devedor? Veja aqui os tipos

Para cada tipo de devedor existe uma ação mais assertiva. Saiba quais são!

Toda ação é melhor executada se for baseada em dados. Saber com o que, ou, com quem estamos lidando, faz toda a diferença em qualquer situação, afinal podemos nos preparar melhor quando temos as informações corretas em mãos.

O cenário de inadimplência encontrado em grande parte das empresas atualmente é preocupante e exige medidas estratégicas cada vez mais inteligentes para minimizar esses prejuízos.

A plena evolução da era digital que vivemos hoje, caracterizada pelo alto volume e velocidade de informações e por uma concorrência mercadológica cada vez mais acirrada, mudou também a importância do consumidor dentro do ciclo de consumo, onde ele passou a ser o centro de toda a atenção.

Isso quer dizer que a sua experiência está ligada diretamente ao sucesso ou não de marcas e empresas, quer sejam pessoas jurídicas ou físicas. E essa experiência começa bem antes da compra e vai muito além dela, incluindo, portanto, possíveis situações delicadas como a inadimplência.

É o consumidor quem dita as regras: ele conta a sua experiência à quantidade ilimitada de ouvintes através das mídias sociais, recomendando ou condenando produtos, serviços e atitudes com um poder exponencialmente maior do que antes das tecnologias em nossas vidas.

E em tempos de concorrência tão acirrada, está cada vez mais caro conquistar um cliente, tornando a sua manutenção um investimento completamente necessário.

A cobrança por meio de recuperação de crédito é o modelo condizente com essa nova realidade, uma vez que tem como objetivo não só recuperar o valor devido, mas sim conseguir isso em condições que permitam que esse cliente volte a consumir e mantenha-se satisfeito com o atendimento recebido.

E para que a recuperação de crédito possa ter os melhores resultados, ela baseia-se em dados fornecidos pela tecnologia e por inteligência artificial, assim como pela atuação experiente de profissionais com postura humanizada e tecnicamente capacitados.

Entre esses dados, que só podem ser obtidos pela digitalização dos processos, inadimplentes podem ser classificados em perfis específicos, que darão as diretrizes para as decisões mais assertivas no decorrer da ação. Veja quais são eles:

DEVEDOR OCASIONAL

Neste perfil são encontradas as situações de inadimplência mais fáceis de serem resolvidas. São pessoas que querem quitar o débito e não costumam atrasar o pagamento. Normalmente encontram-se nessa situação por puro esquecimento ou por problemas financeiros pontuais e/ou inesperados.

Por essas características, a abordagem deve começar na ação preventiva (lembretes de vencimento como as soluções Preventive Charge e Preventive Charge Alert da fintech HoldBrasil), ser amigável, direcionada e inteligente. Apesar da relativa facilidade de ter a dívida resolvida, uma abordagem equivocada pode pôr tudo a perder, deixando o cliente insatisfeito se achar que a empresa o está tratando como um mau pagador.

DEVEDOR VICIADO OU CRÔNICO

Este perfil, apesar dos atrasos, costuma sempre sanar as suas dívidas (normalmente após ações efetivas de cobrança), o que o difere do mau pagador. Em muitos casos a falta de pagamento é proposital, estando ligada às suas estratégias de administração de recursos. Em outros casos é inábil para organizar suas contas, perdendo prazos com frequência.

É um inadimplente que costuma tomar o tempo do profissional de cobrança, pois certamente pedirá negociação de multas, juros ou prazos, mas no final honrará o compromisso. Nestes casos, se as abordagens preventivas não puderam eliminar o problema, a negociação deve seguir amigável, sendo o serviço Active Charge da HoldBrasil uma excelente alternativa para que a solução seja a mais rápida possível evitando o desgaste de um longo processo.

DEVEDOR NEGLIGENTE

A característica principal desse perfil (que é, infelizmente, muito comum) é o descontrole sobre as suas finanças. Diferente dos anteriores, já pode ser considerado um cliente de alto risco, pois muitas vezes não tem como pagar as dívidas que assume.

Exige uma abordagem mais incisiva, mesmo que amigável. As condições negociadas precisam ser claras e certamente precisará de alertas preventivos para honrá-las. Por outro lado, é um perfil que pode ser identificado através de ações preventivas na análise de crédito, estando sujeito a critérios mais rigorosos para a concessão. O Custom Credit Analysis da HoldBrasil, por exemplo, oferece informações mais precisas que demais players tradicionais do mercado.

MAU PAGADOR

Chegamos ao perfil que é menos impactado pelas táticas usuais de cobrança, não sendo receptivo ao contato por simplesmente não ter a intenção ou interesse de quitar o débito. Essas negociações constituem grandes desafios para as empresas e na concessão, de maneira cordial, devem ser deixadas claras as implicações legais acerca do não pagamento do crédito.

A negativação costuma ser uma das atitudes tomadas, mas nem todos se preocupam com o “nome sujo” ou com a limitação do crédito na praça. É o perfil que normalmente precisa de ações legais para a quitação do débito e nestes casos a HoldBrasil oferece a solução Legal Tech. Não é um cliente rentável para a empresa.

Concluindo, um cliente em dívida pode se encaixar em diversos perfis, podendo variar de maus pagadores a apenas uma situação de descuido ou esquecimento. Conhecer cada um deles e criar réguas de cobrança adequadas a cada comportamento contribuirá diretamente para um melhor controle da inadimplência do negócio.

A HoldBrasil, como mostramos, oferece soluções tecnológicas capazes de atender a todas as necessidades de forma completa, desde a coleta de dados e diagnóstico de perfis, além de ter como objetivo a recuperação do crédito e também a manutenção de uma relação saudável entre cliente e empresa. Consulte um de nossos especialistas e saiba mais.

No Comments

Post A Comment